Deseja receber um Ebook Grátis? Baixe grátis seu ebook
O que eu tenho é estresse?

Seu coração anda batendo mais forte e rapidamente? Tem encontrado dificuldade para controlar sua respiração? Está transpirando excessivamente? Seus músculos se tornaram tensos e você tem observado outras inúmeras mudanças em seu corpo? Talvez você esteja mesmo com estresse, mas antes responda com que frequência e situações essas sensações são sentidas. Pergunto isso para você, porque nosso corpo sempre que se sente ameaçado, responde com algumas alterações fisiológicas para ficar e lutar ou ainda para fugir. Ou seja, ele se mobiliza para algum tipo de ação.
 
Imagine que você está atravessando a rua, e sem que tenha percebido um carro se aproxima, rapidamente uma mudança fisiológica acontece preparando seu corpo para uma resposta rápida. Essa resposta é dada tanto para estressores positivos como uma promoção de emprego, como para um estressor negativo. Até aqui tudo bem, já que existe uma ameaça concreta e real que precisa de ação. No entanto, quando acumulamos a química do estresse e ela não é descarregada por meio de uma ação, esta reação ao estresse se torna prejudicial.


 
Olha o que acontece no nosso corpo sempre que ele entende que precisa reagir a um evento estressor:

     

  • Aumento dos batimentos cardíacos;
  • Maior tensão muscular;
  • Maior volume sanguíneo sendo bombeado;
  • Pressão sanguínea elevada;
  • Aumento do estímulo neuronal;
  • Diminuição da produção de saliva;
  • Aumento na retenção de sódio;
  • Aumento da transpiração;
  • Mudança na respiração;
  • Aumento da glicose;
  • Maior liberação do ácido hidroclorídrico no estômago;
  • Maior produção de urina;
  • Alterações nas ondas cerebrais.

 
Agora imagine isso acontecendo com você várias vezes durante o dia. Se o estresse produzisse todas essas mudanças causando uma sensação de desconforto já seria bem ruim, porém mais do que isso, ele pode prejudicar sua saúde.  
 

O estresse pode causar doenças como:

     

  • Hipertensão;
  • Acidente vascular cerebral (AVC);
  • Doença cardíaca;
  • Enxaquecas;
  • Úlceras;
  • Cefaleias por tensão;
  • Alergias;
  • Asma;
  • Artrite;
  • Dor lombar (pescoço, ombro), etc.

 

Tudo isso porque a resposta ao estresse diminui a efetividade do sistema imunológico, já que existe, por exemplo, o aumento do hormônio cortisol, responsável por eliciar algumas mudanças fisiológicas. Em outras palavras, ficamos mais suscetíveis às doenças.

 

ASSUMA O CONTROLE

 

Se você tem percebido uma situação da sua vida como aflitiva e tem perdido o equilíbrio, ficando com medo, raiva e se sentindo inseguro, procure ajuda. É você quem decide se deseja melhorar, então faça a sua parte. Se o estresse já tem provocado o aparecimento de doenças, procure um clínico geral, ou especialista do órgão adoecido. Assim como, busque também um psicólogo, que cuidará do aspecto mental e emocional. Além disso, ele vai proporcionar estratégias de enfrentamento que ajudarão você no seu dia-a-dia.

Você aprenderá entre outras coisas:

 

  1. Reconhecer os sintomas;
  2. Entender aquilo estressou;
  3. Identificar seus limites;
  4. Lidar com as causas, ficando mais preparado para lidar com futuras ameaças.

 

#FiqueBem

 

Psicóloga Marley Christian

CRP 12/13824

 

Assista também: https://www.youtube.com/watch?v=_TtZ4opAoB8

 

Referência:
GREENBERG, J. S. Administração do Estresse, 6ª edição, Ed. Manole, 2002.

 

5 Response Comments

  • https://saundrarandall.wordpress.com/  julho 22, 2017 at 10:12 pm

    I am extremely impressed together with your writing talents as smartly as
    with the layout for your weblog. Is this a paid subject matter or did you modify it your self?

    Either way keep up the excellent quality
    writing, it is rare to look a great weblog like this one
    these days..

    Responder
    • Marley Christian  setembro 13, 2017 at 1:09 am

      Thank you for your comment.

      Responder
  • Full Write-up  agosto 21, 2017 at 11:02 am

    I’ll right away snatch your rss as I can not to find your email subscription link or e-newsletter service.
    Do you have any? Kindly let me realize so that I could subscribe.
    Thanks.

    Responder

Leave A Comment

Please enter your name. Please enter an valid email address. Please enter a message.